segunda-feira, 15 de outubro de 2007

Noites Errantes


Tristeza e solidão
Continuam....
Outra madrugada em vão...
Mais alguns desejos que ficarão para outras noites

Dirigindo pela madrugada
Longas vias expressas e mil pensamentos
As luzes e cidade linda iluminada
Os pedidos de socorro da minha alma maltratada

É bom analisar,
Apesar de tudo e tanto tempo,
Nós ainda somos os mesmos,
Em essência....
Mesmo que em retoques e maquiagem diferentes

Queria dizer que não,
Mas ainda sinto a tentação
Mistura de um pouco de química e lembranças
Desejo, carência, marasmo,
insuficiência....

Não sei o quão longe chegaríamos
Não sei se é o realmente melhor

Mas...

Talvez fosse bom,
Por alguns momentos,
Sentir de novo,
Lembrar um pouco...

Sem compromisso,
Talvez sem futuro,
E qual a diferença para o que estamos fazendo agora?

Nós dois aqui,
Lutando contra nós mesmos,
Fingindo que toda essa maravilhosa liberdade,
Tudo o que de mais é superficial e efêmero
Nos basta e completa....

A eterna ilusão....
Passos errantes ....
Destino que não se sabe para onde vai
Incertezas infinitas

Nós dois aqui,
Jogando jogos de puro azar e não de amor
Fingindo que está tudo ótimo
Ser sozinho e de ninguém
No travesseiro se lamenta a falta de alguém

Está tudo ótimo,
As noites são ao deus-dará
Alegria, bebedeira, diversão....
A juventude se diverte
Muitas paixões e relações
É também muita carência e solidão

Algumas horas,
A real felicidade parece tão longe
Às vezes pareço me iludir
Esperando que minha vida chegue de navio
Vinda do outro lado do mundo....

Tudo só parece mais e mais distante da solução
Mas o sol já vai raiar
E eu já vou dormir,
Sonhar com algo bom,
Acordar de novo,

E daqui a pouco serão mais noites de estórias,
Muitas pessoas, muitos casos,
Irrisórias,
Pouco a acrescentar
Na minha própria história

Dorme você também,
Sonha comigo quem sabe tá?
Quem sabe você não veja uma solução melhor para nós?

Ou então....
Mais madrugadas longas para você também!

...E que todos nós sejamos felizes no final!

3 comentários:

kamyla disse...

oi Edurado. É incrível também como você escreve de tal forma que nos faz sentir dentro da sua poesia. Muito linda essa. Eu li outras e achei maravilhosas também. Às vezes eu também acho impressionante essa idéia de que uma outra pessoa seja capaz de escrever tudo aquilo que estamos sentindo.

Obrigada e esteja sempre a vontade para entrar no meu mundo à flor da pele.

kamyla disse...

Poxa. Comecei bem. Desculpa pelo Edurado. =DD

Beijos Eduardooo!

Camila disse...

Edu! Continuo adorando ler os seus poemas!!! Beijos