terça-feira, 6 de maio de 2008

Alento

Pegue minha mão
Tire-me daqui
Me leve
Para algum lugar

Para qualquer lugar....

Não precisa ter direção
Não precisa ter sentido
Não precisa ter razão
Não precisa de porquê

Apenas me leve daqui....

Me pegue pela mão
Suavize meu sofrimento
Conceda-me alento
Interrompa este tormento

Não precisa ter razão
Não precisa fazer sentido
De como, onde, porquê
Não precisa raciocínio

Não precisa de lógica
Não precisa de coerência
Também não precisa de motivo
Não precisa sensatez

Apenas me pegue pela mão
E me leve
Para onde quiser,
Para algum lugar
Para qualquer lugar...

Apenas me tire daqui....

Um comentário:

rai2007 disse...

Tirem-me desse lugar com a máxima urgência!
Nossa, quantas vezes queremos gritar essa súplica!
Teus poemas falam e gritam dentro de nós as angústias e a falta de certezas/incertezas.
Parabéns.