sábado, 26 de abril de 2008

Outra Carta de Amor Intercontinental

Você foi embora
Tanta solidão...

De novo, você foi embora
Deixando tanta solidão...

Ainda me lembro,
Pegou o ônibus branco, depois um avião
E partiu...

Quase me partiu....

Muito longe daqui...

Ainda me lembro do desespero de mais uma despedida
Nós dois a chorar, soluçar,
Balbuciar, tchau, adeus ....

Você me deu o olhar final...
Partiu...
Me deu a cartada final....

O mundo chorou comovido
Um oceano de lágrimas a nos separar,
Atlântico, Índico, Pacífico,
Será que é maior que a nossa solidão?

Você partiu de novo,
Me partiu de novo...

E me deixou aqui a deus-dará
Aonde a Felicidade está?

Longe, longe, loooonge....
Muito longe daqui!

De volta,
Agora nossa vida tão normal,
Seremos bem sucedidos no profissional,
Deus queira!
Seremos modelo ideal
Sucesso, carreira, prosperidade

Legal....
Muito legal...

E daí?

Isso tudo é muito chato
Quando quem você um dia amou está dezenas de horas à frente no globo terrestre...

Vou lembrar pra sempre de você....
De esperar ansiosamente sua conexão,
Ouvir um sinal seu de vida....

Sinto saudade de ter alguma esperança
Mesmo que remota,
Mesmo que pura ilusão

Sinto saudade desse amor virtual,
Dessa história de filme impossível,
Dos poucos momentos de amor real....

E agora nossa vida normal....

Trabalhar, estudar, dormir...

Salário...

Trabalhar, estudar, dormir,
Sair um pouco, se divertir, alguns amigos...
Beber um pouco....

Salário....

Trabalhar, estudar
Juntar dinheiro, acumular patrimônio

Um cargo maior...

Trabalhar, estudar, dormir,
Salário....

Quanta solidão!

Um comentário:

Hosana Heitz disse...

Suas palavras me encantam.
Li todos os textos, são muito bons!
Agora, está na minha lista de blogs favoritos!
Abraço, e volto sempre ;D