segunda-feira, 16 de junho de 2008

Beije-me




Beije-me
Intensamente,
Eternamente,
Suavemente
Longamente por todo esse intante

Não pense
Se cale,
Me beije,
Meiga,
Doce,
Me beije

Beije-me
Como se fosse a curiosidade da primeira vez
Como se fosse a intensidade da última vez
Como se fosse euforia
Como se fosse despedida
Me beije

Me sufoque,
Me deixe louco, rouco
Sem ar,
Me tire dessa vida
Me faça pular
Me faça gritar

Cale-se
Beije-me

Como se eu fosse o primeiro
Como se eu fosse o único
Como se eu fosse tudo
Beije-me

Me faça esquecer dos antigos amores
Intensos que não deram certo
Faça-me abandonar esses ditos rancores
Esteja sua boca por perto

Beije-me

Venha,
Seja minha,
Uma noite de amor inesquecível

Vem,
Serei seu,
Marido e amante infalível

Te faço esquecer dessa triste sina
De quem não nos merece
Ame como mulher, alegre como menina
Nosso olhar se carece

Beije-me
Como música,
Como filme,
Como poesia,

BEIJE-ME

2 comentários:

Angelica disse...

Beijoqueirooooooooooooooo rs!Intenso hein!

LUCIANA MIRANDA disse...

hhuuummmm lindinho!!!!