terça-feira, 28 de agosto de 2007

Soneto do Avesso


É tudo do avesso

É tudo sem sentido
É o avesso do avesso
É tudo tão doído!

Nem sei como apareço
Queria ter sumido
É o avesso do avesso
É tudo que tenho sentido

É toda a expectativa
Que se afogou e morreu
É mais uma negativa

Você está tão pensativa
Por que não você e eu?
Apenas outra tentativa...


...(E aí vem mais uma negativa!).....



2 comentários:

««Japønegø»» disse...

Ah cara, faz sentido sim, muitas pessoas preferem negar seus sentimentos, viver de aparências tá na moda, hipocrisia? Não é apenas impressão.

vanessa disse...

Engenheiro-poeta...
Fico muito feliz por ver toda essa obra de arte...as palavras realmente sao poderosas e expressam td aquilo q esta marcado na essencia humana.
Mto obrigada por nos prestigiar com esse lindo trabalho amiguetes..amei amei amei! Espero q um diqa eu consiga escrever algo assim...enquanto isso:

" My mom says I`m always dreaming
Cause my mind is always flying
I just wanna expose my feelings
My mom says I`m always dreaming
I can`t stop, it stimulates my breathing
Remembering good times I start crying
My mom says I`m always dreaming
Cause my mind is always flying"