sábado, 1 de setembro de 2007

Outro Dia


Eu já fui seu
Você já foi minha
Nós já fomos tudo
Tudo o que de bom se tinha

Um dia meu coração foi seu
Um dia minha alma foi sua
Noites românticas e velas
Do meu lado você toda nua

Um dia eu seria seu
Seria você a metade de mim
Um dia nós seríamos juntos
Hoje somos simplesmente assim

Hoje eu sou mudo
Hoje você é calada
Um dia fomos tudo
Hoje nós não somos nada

Talvez ainda seja minha
Talvez ainda serei seu
Frangalhos do peito rasgado
Restos do amor que morreu


Um dia talvez mude
Um dia talvez volte
Espero que a gente se cure
Do orgulho que nos ilude


3 comentários:

««Japønegø»» disse...

Que seja quem lhe faz feliz e não aquela que lhe fez sofrer...virá essa pessoa na mesma figura?

Thiago disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Thiago disse...

Kpitu e suas poesias sentimentais adolescente.... qndo vc vai escrever sobre bebedices, futebol e travecos com quem vc jah dormiu? Ops, acho q nao deveria ter escrito isso.... hahaha

Boa Kpitu... vc tah melhorando de verdade. Sao poucos os amigos interessantes q tenho e vc jah se mostra um deles fazendo algo q te tira da rotina imbecil de 99% da classe media. Sinta-se diferente.

Abs
Kurt